Findis em Madrid

Se você ja me deu dois dedos de prosa, sabe que eu morei em Madrid por seis meses la em 2010/2011 e sou completamente apaixonada pela cidade. Sem querer casar ciumes na atual nem nada, mas talvez seja a minha preferidinha. Então, quando o boy organizou de viajar com os migles um final de semana, não precisei de muito tempo para decidir que eu ia aproveitar para dar uma conferida em Madrid.

Tive apenas um diazinho inteiro em Madrid, mas acredito que fiz milagre com o roteiro. Fizemos tudo a pé (o que resultou em 20km andados no dia) e deu para cobrir bem os principais pontos. Como Madrid não costuma ser o mega destino de viagem da galera, quando muito, uma passadinha, acho que essas dicas podem ser uteis.

SEXTA-FEIRA

 Estadia

Eu sou bem team airbnb, raramente fico em hotel, porque no fundo no fundo, se não for uma completa espelunca e bem localizado, para mim, ja funciona. Eu considero que a melhor localização para ficar em Madrid é nos arredores da Puerta del Sol, então, pegamos um airbnO lugar não é grande, mas como a rotatividade é grande, não costuma ter loucas filas. Dependendo do horario que você vai, a galera é completamente diferente.

Chocolateria San Ginés – Pasadizo de San Ginés, 5

Como nosso avião pouso em Madrid as 23h, deixamos a mala no airbnb e fomos direto para la, ja que fica aberto 24h por dia. O lugar é famoso pelo churros com chocolate quente que é diferente de todos que ja provei, tem uma textura bem densa, quase parece uma mousse. Como a rotatividade la é alta, não costuma ter muita fila. Dependendo da hora que você vai, encontra uma galera completamente diferente.

Puerta del Sol e Plaza Mayor

Essas são as duas tradicionais praças de Madrid e estão sempre lotadas durante o dia, então, aproveitamos o retorno para o apartamento para dar “check” nos dois pontos turisticos!

SABADO

La Rollerie – Calle de Atocha, 20

Estavamos procurando um lugar para tomar café e o encontramos por acaso. Como achei o lugar mega bonitinho, com comida gostosa e preço amigo, achei que valia compartilhar.

Parque do Retiro – Plaza de la Independência, 7

O lugar mais lindo dessa Madrid todinha. O lago e o palacio de cristal são de derreter o coração mais gelado. Como 99% das vezes esta sol na cidade, ainda que esteja frio, é um passeio mega agradavel. E se vamos falar de fotos para alimentar seu instagram, sim, esse é o lugar.

Museu Reina Sofia – Calle de Santa Isabel, 52

O museu mais tradicional da cidade é o do Prado (que fica na mesma rua), então, fiquei surpresa mas dei graças a Deus quando a minha amiga escolheu esse daqui para visitar. Reina Sofia é o museu cool, descolado, transante da cidade. E é a casa do Guernica do Picasso. Além disso, nesse dia estava tendo uma exposição sobre feminismo bem interessante.

Sala Equis – Calle del Duque de Alba, 4

Sala Equis é um antigo cinema pornô que hoje em dia ainda funciona como cinema, mas tem também uma agenda cultural movimentada e um espaço com um restaurante de tapas. Além da comida ser deliciosa, ainda tem um telão passando filme (quando eu fui, assisti O Poderoso Chefão). Esse é o local em que o hipster dentro de mim sauda o hipster dentro de você.

Templo de Debob – Calle Ferraz, 1

O Templo foi um presente do Egito pela ajuda da Espanha no chamamento internacional da UNESCO para salvar os templos de Nubia. Ele é localizado num parque que fica no topo de morrinho, então, a vista é bem bonita. Adicionalmente, sempre tem um musico de rua ali, deixando o lugar bem agradavel para dar uma sentada e aproveitar um pouco, por isso eu recomendo deixa-lo para o meio da programação.

Catedral de Almudena – Calle de Bailén, 10

Pense numa catedral que levou tempo para ficar pronta, foi essa. Ela é bem bonita e as cupulas são coloridas de um jeito que eu nunca vi!

Ela fica coladinha no Palacio Real (eu não vejo nada demais para valer a entrada), então, ja da paa matar dois coelhos com uma cajadada so.

Gran Via

Essa é a rua principal da cidade, então, ela é mega lotada e eu adoro, acho pulsante, saca? E se você quiser fazer compras (o que eu recomendo porque a Espanha costuma ser mais barata que os top destinos da Europa), esse é o lugar.

El Viajero – Plaza de la Cebada, 11

Esse bar/restaurante tem 5 andares e cada um com uma vibe diferente da outra. Por estar super lotado, acabei ficando no terraço, la no ultimo andar, e me surpreendi por não congelar (eles colocam varios aquecedores pelo lugar).

Comemos um misto quente trufado metido a besta que estava apenas delicioso e um gyosa de legumes que amoleceu meu coração (eu estava amarga por não ter conseguido entrar no restaurante que estava cobiçando), tem toda a minha recomendação!

DOMINGO

Perrachica – Calle Eloy Gonzalo, 10

Pense num lugar saido do Pinterest. Depois de me acostumar com todos os bares e restaurantes de Paris bem pequeninos e apertados, fiquei contente de poder esticar meus braços! Eu pedi o brunch (25 euros para cada) e foi mui-ta comida e tudo tudo tudo uma delicia! A foto registra apenas a primeira parte do brunch, depois recebemos os embutidos e os queijos!

 

Também tentamos ir no The Hat – Calle Imperial, 9 (um bar no ultimo andar de um albergue super legal, fui la na minha ultima ida a Madrid e queria mostrar para a minha amiga) e na Juana la Loca – Plaza de Puerta de Moros, 4 (tinha lido apenas maravilhas na internet e queria experimentar, a sobremesa de doce de leite ainda habita os meus sonhos), mas ambos estavam lotados, então, para mim, vai ter que ficar para a proxima, mas você talvez consiga ir!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: